sexta-feira, 22 de julho de 2011

Enquanto o Novo Remanso manda abacaxi para Manaus a R$ 1,00. O itacoatiarense está pagando R$ 3,00 pelo fruto.



















Sete mil aba­caxis estão à venda por preços pop­u­lares no Feirão da Se­pror, no Parque da Ex­poagro (avenida Torquato Ta­pajós, s/nº, Santa Etelvina, zona Norte). Os preços variam de R$ 1, a unidade, até R$ 5, duas, três ou quatro unidades. O feirão fun­ciona de quarta-feira a domingo, de 7h às 12h.

ação é co­or­de­nada pela Sec­re­taria de Es­tado da Pro­dução Rural (Se­pror), que colocou três cam­in­hões e 20 boxes do Feirão à dis­posição dos agricul­tores, cuja pro­dução está acima das ex­pec­ta­tivas. O ob­je­tivo é evitar o des­perdício da pro­dução e a ação de atrav­es­sadores que se aproveitam das di­fi­cul­dades dos agricul­tores para adquirir o pro­duto a baixo custo e lu­crar na revenda do pro­duto ao con­sum­idor.

A es­ti­ma­tiva é que sejam pro­duzidos 43 mil­hões de aba­caxis em 2011, em Novo Re­manso, o maior pro­dutor do fruto no Es­tado. Para apoiar os tra­bal­hadores, a Se­pror in­cen­tivou o fi­nan­cia­mento e adquiriu equipa­mentos para uma das co­op­er­a­tivas de frutas na co­mu­nidade.

“Para nós, do sis­tema Se­pror, é mo­tivo de ale­gria uma pro­dução desse ta­manho. Nosso ob­je­tivo é in­cen­tivar e ofer­ecer estru­tura necessária para o ar­mazena­mento e com­er­cial­ização”, afirma o se­cretário es­tadual da Pro­dução Rural, Eron Bez­erra.
fonte: Blog da Floresta

Vejam só, desse jeito não dá pra ter nenhum orgulho da produção de Novo Remanso, pois só quem é beneficiado são os manauaras. Aliás, há muito tempo isto já vem acontecendo, toda a produção da Vila do Engenho e Novo Remanso é vendida para Manaus. Não pagam nenhum imposto para o município de Itacoatiara e só tem lucro. Com o apoio do prefeito de Itacoatiara que é morador da região, ainda querem tomar a metade do nosso município. Porque não se apossam das terras de Manaus que são próximas a eles? Com todo respeito aos agricultores do lugar, mas acho que o consumidor e a população itacoatiarense que cobre as despesas de luz, água e telefone da região, deveriam ter mais respeito. E a Secretaria Municipal de Agricultura, bem que deveria também beneficiar a população itacoatiarense com o abacaxi de R$ 1,00. Mas pelo jeito, pra cá só vem mesmo os espinhos do abacaxi, e pra Manaus vai o filé. Desse jeito fica difícil querer comemorar a produção de 43 milhões de frutos, e vamos ter mesmo que nos contentar com os 43 milhões de buracos que a nossa cidade ganhou, é nessas horas que sinto vergonha de ser itacoatiarense!
Comentário: Frank Chaves

Um comentário:

Fernando Lobato disse...

Esse é um abacaxi difícil de descascar e engolir!!!É preciso estimular e diversificar a produção em todo o interior....o AM com uma política séria...poderia estar exportando frutos e gerando renda no interior...desinchando a caótica Manaus....

Consulta de opinão

ALBUM DE ITACOATIARA